Ouro Preto



Passear pelas íngremes e estreitas ladeiras de Ouro Preto - que ainda mantêm o calçamento original de pedras -, é fazer uma viagem no tempo. Antiga capital da Província de Minas Gerais, Ouro Preto atrai turistas de todo o Brasil e do mundo que desejam conhecer a nossa história e a arte sacra de Aleijadinho e Ataíde, além do artesanato local e da típica comida mineira.

 

A cidade detém o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco. Isso permitiu a preservação até os dias de hoje de um dos mais ricos conjuntos arquitetônicos do País.

 

Ouro Preto foi um importante pólo econômico e político no século XVIII, quando enormes quantias de ouro foram descobertas nas serras mineiras, gerando grande desenvolvimento na região. A cidade também foi palco de um importante episódio da história brasileira: a Inconfidência Mineira, em 1789, quando Joaquim José da Silva Xavier (o Tiradentes) lutou pela independência do Brasil, ainda colônia de Portugal.

 

Hoje, os casarões, igrejas e palácios erguidos durante o chamado Ciclo do Ouro são museus de grande visitação, onde estão expostos objetos dos antigos moradores. As casas que pertenceram aos inconfidentes e as igrejas barrocas, ornadas com ouro no mais clássico estilo rococó, agora abrigam arte e história.

 

E para quem se cansar do banho de cultura e história e quiser um contato direto com a natureza, Ouro Preto oferece o Parque Estadual do Itacolomi, com trilhas para caminhadas e várias cachoeiras nos arredores. 

 

Dados da Cidade

Ouro Preto

Estado: Minas Gerais

Região: Sudeste

DDD: (31)

 

Distâncias:


Belo Horizonte: 98 km

Lavras Novas: 13 km

Mariana: 12 km

Tiradentes: 170 km

Congonhas: 48 km

Rio de Janeiro: 403 km

São Paulo: 682 km

Brasília: 840 km

 

Hospedagem / Restaurantes


Ouro Preto é um dos principais destinos turísticos do Estado de Minas Gerais. Nos finais de semana e feriados prolongados a cidade fica repleta de visitantes. Excelentes hotéis surgiram para atender a demanda. De uma forma geral conciliam o esplendor barroco com os confortos e facilidades da vida moderna.


Nos restaurantes da cidade, a autêntica comida mineira - tutu, frango com quiabo, feijão tropeiro, doces caseiros  a culinária italiana e a francesa estão muito bem representadas.

 

Como chegar


Via Aérea:

O aeroporto de Belo Horizonte fica a 100 km e permite acesso a todas as capitais brasileiras.

Via Rodoviária:

Saindo de Belo Horizonte pela BR 040, siga por 36 km e depois vá pela via estadual.

 

Atrações


Descubra os atrativos deste destino e um bom passeio!

 

 

Igrejas

 

Matriz Nossa Senhora do Pilar


O projeto desta igreja, considerada uma das mais requintadas do barroco, é atribuído a Pedro Gomes Chaves. A talha da capela-mor foi executada por Francisco Xavier de Brito. O acervo ainda inclui magnífica talha coberta de ouro e mais de quatrocentos anjos esculpidos. Foram empregados em sua ornamentação cerca de 400 quilos de ouro e 400 de prata.

 

Nossa Senhora do Carmo


O projeto é de Manoel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho, e sua construção foi entre 1766 e 1772. Era freqüentada pela aristocracia de Vila Rica.

 

Nossa Senhora do Rosário


É um raro exemplar do barroco mineiro, com sua fachada circular. Sua construção, iniciada em 1785, substituiu a primitiva capela. Em contraste com o aspecto externo, o interior é bem singelo, com evocação de santos negros.

 

São Francisco de Assis


A mais famosa de Ouro Preto, é um dos exemplares mais magníficos do barroco mineiro. Sua construção foi iniciada em 1766. É considerada obra-prima de Aleijadinho, responsável pelo risco geral do prédio, portada, tribuna do altar-mor, altares laterais e capela-mor.

 

Matriz Nossa Senhora da Conceição


Sua construção se estendeu de 1727 a 1746. O projeto e a execução ficaram a cargo de Manuel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho. Ambos estão enterrados na igreja. Tem anexo o Museu Aleijadinho.

 

São Francisco de Paula


Última igreja erguida no período colonial, teve a construção iniciada em 1804. A imagem do padroeiro, que hoje se encontra no Museu Aleijadinho, é atribuída ao mestre. De seu adro se tem uma bela vista da cidade.

 

Santa Efigênia ou de Nossa Senhora do Rosário do Alto da Cruz


Sua construção levou 60 anos – entre 1730 e 1790. Participou do projeto Manuel Francisco Lisboa, sendo que a talha da capela-mor é de autoria de Francisco Xavier de Brito. Diz a tradição oral que foi edificada graças ao ouro da Mina da Encardideira, adquirida por Chico Rei. Na fachada estão os relógios de pedra considerados os mais antigos da cidade.

 

Nossa Senhora das Mercês e Misericórdia (Mercês de Cima)


Igreja construída entre 1771 e 1793. A torre central foi projeto de Manuel Francisco de Araújo.

 

São José


Pertencia à irmandade que reunia vários artistas. O risco do retábulo da capela-mor e da torre são de Aleijadinho. Foi erguida entre 1730 e 1811.

 

Capela São João Batista


É o mais antigo templo de Ouro Preto, construído por determinação do bandeirante Antônio Dias, em 1698.

 

Museus

 

Casa dos Contos


Datada de 1782 a 1787, foi construída por João Rodrigues de Macedo, cobrador dos impostos da Capitania de Minas, que ali estabeleceu moradia e administração de seus negócios. Serviu para diversos fins, inclusive de cárcere para os inconfidentes. Hoje abriga o Centro de Estudos do Ciclo do Ouro, o Museu da Moeda e do Fisco e a Agência da Receita Federal de Ouro Preto, além de uma galeria.

 

Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas


Criado em 1877, como Museu de Mineralogia pelo francês Claude Henri Gorceix, fundador da Escola de Minas. Em 1995, foi ampliado e passou a se chamar Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas. Nove setores já estão implementados: História Natural - zoologia e paleontologia -, Mineração, Mineralogia, Metalurgia, Siderurgia, Desenho, Topografia, Astronomia e Eletrotécnica. São mais de 30 mil peças vindas de todas as partes do mundo.

 

Museu do Oratório


Sediado na antiga casa do Noviciado, o museu reúne peças de diferentes estilos que resgatam os tradicionais costumes religiosos das famílias mineiras.

 

Museu da Inconfidência


Construção iniciada em 1784 pela Câmara Municipal, durante o governo de Luís Cunha Menezes. As obras foram interrompidas várias vezes, de modo que o prédio só ficou pronto em 1846. Serviu de paço municipal e cadeia. Em 1944, foi inaugurado o Museu, cujo acervo reúne documentos e objetos que evocam a Inconfidência Mineira e obras diversas do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Lá repousam os despojos dos inconfidentes. O Museu possui ainda um auditório anexo e a Sala Manuel de Ataíde, para exposições temporárias.

 

Teatro Municipal - Antiga Casa da Ópera


O Teatro Municipal de Ouro Preto, conhecido nos séculos 18 e 19 como Casa da Ópera, é considerado por muitos o mais antigo da América do Sul.

 

O Trem


Com composição de duas locomotivas a vapor e cinco vagões de passageiros, sendo um deles panorâmico, o trem comporta 360 pessoas por viagem e 112 mil por ano (São 4 viagens por dia, 3 dias por semana, 52 semanas por ano).


A viagem dura cerca de 1 hora e 10 minutos, uma vez que a Maria Fumaça percorre o trajeto com velocidade média de 20 km/h. Assim é possível aproveitar detalhes da riqueza natural e histórica que caracterizam o trecho ferroviário que liga Ouro Preto a Mariana. Os vagões seguem o mesmo desenho dos antigos trens, com interiores em madeira.


Os dois apitos longos da Maria Fumaça, seguidos pelo bater dos sinos e pelos primeiros movimentos da velha locomotiva são a garantia de uma viagem que resgata o passado e redimensiona o futuro.

 

Ecoturismo

 

Parque do Itacolomi


Ouro Preto entra de vez para os roteiros eco-culturais de Minas Gerais com a abertura do Parque Estadual do Itacolomi (PEI). O Parque fica entre as cidades de Ouro Preto e Mariana e se destaca pela beleza natural, pela flora e pela fauna. A região possui a Casa Bandeirista, que serviu de casa fiscal no tempo da exploração aurífera. A Casa é uma das três construções em estilo paulista preservadas em Minas Gerais.


No século XX, a região do Parque do Itacolomi foi um dos principais locais produtores de chá preto em Minas Gerais. O chá Edelweiss era exportado até para a Alemanha. Hoje funciona no local o Museu do Chá com o maquinário utilizado para o beneficiamento da planta.


Além de conhecer a história do Parque do Itacolomi, conheça as trilhas para caminhada. A visita ao Parque é um programa para toda a família com trilhas específicas para crianças. Conheça e desfrute das belezas do Parque Estadual do Itacolomi.

 

 

Parque Municipal Cachoeira das Andorinhas


Ouro Preto é conhecida pela sua história, pela riqueza de seus monumentos e beleza de suas construções. Mas não pára por aí. A cidade, que é Patrimônio Cultural da Humanidade, tem muita coisa alternativa a oferecer. Uma delas são os passeios ecológicos, de tirar o fôlego dos turistas e dar orgulho aos que são da terra, com belas paisagens pertencentes à Mata Atlântica e ao Cerrado, variedade de quedas-d'água e trilhas. Experimente passar o dia no Parque Natural Municipal das Andorinhas, onde está a Nascente do Rio das Velhas, seja para um banho de sol, de cachoeira, um piquenique ou grandes aventuras, como o rapel.

Distância da Praça Tiradentes até a Portaria do Parque: Cerca de 5 km.

Seguir até a portaria do Parque.


Para agendar acampamentos ou para mais informações, entre em contato com o Parque através do celular geral (31) 9377-0860  GRÁTIS (31) 9377-0860  ou com o Coordenador Edenir Monteiro pelo (31) 9409-1600  GRÁTIS (31) 9409-1600 .

 

Compras


O artesanato local é rico em artefatos de pedra-sabão, como vasos, cinzeiros, porta-jóias, pratos e xícaras, e pode ser encontrado na cidade e em distritos como Santa Rita e Mata dos Palmitos, nos arredores de Ouro Preto. Outra especialidade da região são as jóias de ouro e pedras preciosas, com destaque para o raro topázio imperial. Há boas lojas de antiguidades e suvenires, além de ateliês de artesãos locais espalhados por toda a cidade.


Distrito de Amarantina


 

É um dos mais antigos distritos de Ouro Preto. Seu primeiro nome foi São Gonçalo da Vargem


Newsletter »





  • Matriz Belo Horizonte : (31) 3330-3655
    Rua da Bahia , 2140 - Lourdes - Belo Horizonte - MG - CEP: 30.160-012 - TEL: (31) 3330-3655 | FAX: (31) 3330-3644

  • Sion Belo Horizonte - TAP Partner: 31 2520-5595
    Av. Nossa Senhora do Carmo , 817 - Sion - Belo Horizonte - Minas Gerais - CEP: 31310-000 - TEL: 31 2520-5595

  • Mercado Central - Belo Horizonte: (31) 3222-3330
    Av. Augusto de Lima , 744 , Lj 90 - Centro - Belo Horizonte - Minas Gerais - CEP: 30190-000 - TEL: (31) 3222-3330 - (31) 3222-4660

  • Contagem - Itaú Power Shopping: (31) 3912-9022
    Av. General David Sarnoff , Quiosque 112 - Contagem - Minas Gerais - CEP: 32210110 - TEL: (31) 3912-9022

  • Ipatinga: (31) 3824-5354
    Jacarandá , 364 - Horto - Ipatinga - Minas Gerais - CEP: 35.160.304 - TEL: (31) 3824-5354 | FAX: (31) 3824-5354

  • Montes Claros: (38) 3221-9955
    Av. José Correa Machado , 1079 , Bloco 4 - Lj. 3 - Ibituruna - Montes Claros - Minas Gerais - CEP: 39.409-999 - TEL: (38) 3221-9955 | FAX: (38) 3221-9966

  • Ouro Preto: (31) 3552-3700
    Rua Pandiá Calógeras , 463 - Barra - Ouro Preto - Minas Gerais - CEP: 35400-000 - TEL: (31) 3552-3700

  • Mangabeiras: (31) 3222-9393
    Av. Bandeirantes , 1299 , Loja 3 - Mangabeiras - Belo Horizonte - MG - CEP: 30310-403 - TEL: (31) 3222-9393

  • Master Turismo - Rio de Janeiro: 21 3554.5050
    Avenida Presidente Vargas, , 583 , sala 1406 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20071-903 - TEL: 21 3554.5050

  • Lisboa - Portugal: +351 218 298 950 /1/2/3/4
    Rua José Fontana , 3 E , 9 - Paço de Arcos - Lisboa - TEL: +351 218 298 950 /1/2/3/4 | FAX: +351 218 261978